O que justifica a busca por autoconhecimento?

Eis uma pergunta difícil de ser respondida, pois existe uma resposta diferente para cada pessoa.

Mas se a procura existe é porque existe um anseio comum.

Vamos ver o significado da palavra “autoconhecimento”:

AUTO – Exprime a noção de próprio, ou de por si próprio, ou referente à própria pessoa. (www.dicionarioinformal.com.br)

CONHECIMENTO: Ato ou efeito de conhecer, de perceber ou compreender por meio da razão ou experiências. (www.significados.com.br)

Então, o autoconhecimento é a investigação de si mesmo.  Também pode ser um projeto ético quando o que se busca é a realização de algo que leve o sujeito a ser mestre de si mesmo e, consequentemente, um ser humano melhor. (fonte: www.wikipedia.com.br)

Bela definição, não acha?

Mas, por que muitas pessoas não dão sequência ao seu processo de autoconhecimento?

Por duas razões:

1 – Porque não estão orientadas por um método;

2 – Porque não têm o apoio de um grupo.

Mas o autoconhecimento não é um processo individual?

Sim, é uma imersão individual, mas é dinamizado quando se está em grupo.

Muitas vezes, no decorrer do processo, o indivíduo se sentirá sozinho na jornada, daí a razão do grupo, que serve para ampará-lo e estimulá-lo à continuidade.

O processo de autoconhecimento respeita as seguintes etapas:

  • A busca de informações (dados) sobre si junto a pessoas próximas e em todos os ambientes em que viveu (família, amigos, escola etc.).
  • A organização destas informações em conhecimento e o direcionamento do foco de atenção para si através da auto-observação.
  • A partir daí estarão reunidas as condições para o entendimento da origem das suas crenças, comportamentos, sentimentos, emoções e atitudes na atualidade.
  • Vem aí a última etapa, que é a do saber: o indivíduo sabe o que é, como pensa e se movimenta, como se relaciona, enfim, sabe muito sobre si, e quem sabe – sabe, não precisa aprender de novo.

Informação, conhecimento, entendimento e saber representam didaticamente as etapas do processo de autoconhecimento.

A pergunta continua: o que justifica a busca por autoconhecimento?

O autoconhecimento mostra para o indivíduo a realidade, ou seja, a vida como ela é, sem fantasias e alegorias.

Quando começar a ver a realidade, tentará fugir, sair dela, aí verá que não é possível, porque, ao direcionar a lente para a observação de si mesmo, verá que tudo aquilo que atribui aos outros está em si, e é por isso que consegue reconhecer, porque há um referencial interno não observado. Constatado isso, passará a ver o mundo e seus semelhantes com outros olhos, não mais culpando e sim compreendendo que o outro está na mesma condição.

Isto, aos poucos, fá-lo-á ter atitudes éticas, dignas e cordiais, primeiramente para consigo, estendendo depois para os do seu convívio.

Interesse-se por quem você realmente é, saia da zona ilusória de conforto e verá um novo mundo de possibilidades descortinar-se diante de si.

Entendendo-se, entenderá o universo.

Seja bem-vindo a si mesmo.

Por Márcio Antônio Catarin – Educador de Essencialidades do Sistema Tempo de Ser

3 comentários em “O que justifica a busca por autoconhecimento?”

  1. Renato Otto Diniz

    Ótimo texto! Para mim, justifico a busca pelo autoconhecimento pelas inúmeras vezes faço e digo coisas e me arrependo depois, sem ao menos saber porquê disse ou fiz aquilo que me arrependi.
    Ou nas palavras do texto: tenho sido MUITO menos etico, digno ou cordial do que eu desejo, e nem sei porque nao consigp!

  2. Adalberto Quirino Silva

    Ótimo apelo à Inteligência para valorizar a vida que se está vivendo no presente. Torná-la um movimento autoconsciente de progresso em busca de si mesmo mediante a visão e aceitação da vida como ela (realmente) é. Sem o autoconhecimento seria difícil ou mesmo impossível chegarmos à autoconsciência psíquica, condição para o exercício da autonomia ou autogerência: você no comando de si mesmo.

Deixe uma resposta para Adalberto Quirino Silva Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima