Atividade Institucional – Fases Existenciais e o Educador de Essencialidades – FEEE

Devair

A atividade institucional “As Fases Existenciais e o Educador de Essencialidades” é um evento promovido pela Comissão Gestora do Sistema Tempo de Ser (COMGE-STS), com o objetivo de desenvolver temas e assuntos que ofereçam diretrizes de apoio ao Educador de Essencialidades, como também pretende reunir a comunidade para troca de experiências, fortalecendo as disposições de autoconhecimento. O foco temático é o desenvolvimento do ser humano pelas fases da existência – infância, adolescência, idade adulta e velhice, bem como as manifestações psíquicas em cada uma delas.

O planeta Terra é um educandário sem mestres, habitado por aprendizes de si mesmos, repleto de métodos autoeducacionais, que apontam para “a própria intimidade”. Métodos condizentes com a forma de vida manifesta e com as múltiplas interações necessárias à sobrevivência de cada uma delas. Neste “educandário”, o ser humano é a única forma de vida que porta uma zona consciente, que pensa o mundo e a si mesmo, entretanto, grande parte destes seres vive sem sequer cogitar sobre por que ou para que viver, e sem que tenham poder, opinião ou argumentação para evitar o momento final: o da própria morte, que ocorre na solidão interna de si mesmo, sem testemunhas que possam observar o que de fato ocorre na intimidade do mesmo, no seu momento final.Devair1

A atividade “Fases Existenciais e o Educador de Essencialidades” estimula em relação ao seu aspecto pedagógico:

– O desenvolvimento da Inteligência Mediúnica, que gera conteúdo para análise e construção das etapas de autoaprendizagem: informação, conhecimento, entendimento e saber;
– A integração de conteúdos trabalhados em diferentes ambientes;
– A transposição de assuntos do abstrato para o concreto;
– O ambiente para conhecer o ser humano;
– A materialização de suprimentos correlacionados a necessidades psíquicas;
– Atividade de manutenção dos objetivos de autoconhecimento;
– Manutenção e progressividade da comunidade do NA;
– Atividade de autossuperação de seus participantes;
– Reconhecimento e transposição de limitações;
– O desenvolvimento de um ambiente que valoriza o ser humano como resultado metodológico de uma busca inconsciente, demonstrando que este é o método para tornar-se autoconsciente.

O Ambiente e o Educador de Essencialidades

 Do ambiente da atividade FEEE surgiu o que há de mais importante em toda esta construção: Você, Educador de Essencialidades! É o Educador de Essencialidades, através do Núcleo de Aprendizagem em que ele participa e seus representantes, que constrói a FEEE, que se torna, então, uma atividade de integração de conteúdos elaborados pelo Educador de Essencialidades, no desenvolvimento de seus índices de investimentos, como Desenvolvimento de Atribuição (IDA), de Participação em Atividades (IPA) e de Recursos Financeiros (IRF), que deságuam na Inteligência Mediúnica. Competindo à COMGE-STS a organização e o fluxo a partir da data prevista. O homem pede compreensão de sua humanidade. A psique pede espaço-tempo, ambiente e educação para efetivá-la.

Devair3

A atividade FEEE, que acontece no primeiro domingo de cada mês em Bauru, continuará como portal psíquico que favorece, à psique inconsciente, o desenvolvimento de seus potenciais na busca por sua própria origem, integrando, a partir de fevereiro de 2016, os Núcleos de Aprendizagem através de sua “Atividade de Área” e dos respectivos expositores, os quais representarão na atividade mensal que engloba toda a comunidade Sistema Tempo de Ser.

Lucas da Costa e Marlete Wildemberg
Conselho Deliberativo/COMGE-STS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima